Notícias

Atuação de Pietro Arnaud na Câmara reflete-se em números

11 de março de 2016
site_Post_Pietro-Arnaud02

Em três anos, vereador apresentou 1.520 proposições; os destaques são 65 projetos de lei, 383 requerimentos e 189 indicações

Uma atuação marcada pela combatividade, pela sensibilidade em relação aos interesses mais legítimos da população ponta-grossense e pelo acompanhamento ostensivo dos atos do Poder Executivo. Essas são as principais marcas da atuação do vereador Pietro Arnaud (Rede) durante três anos de mandato – de 1º de janeiro de 2013 a 31 de dezembro de 2015.

Atuação que se reflete em números. Nesse período, Pietro, que é o atual vice-presidente da Câmara Municipal de Ponta Grossa, apresentou 1.520 proposições, entre projetos de lei, indicações, requerimentos, emendas ao Orçamento municipal, moções (de apelo e aplauso), ofícios – incluindo os protocolados na Prefeitura, no Ministério Público do Estado do Paraná (MP/PR), em 2014, e os relacionados à Comissão Especial de Investigação (CEI) das Maternidades, aberta em 9 de julho de 2015 e da qual ele é o presidente – e os projetos em que foi relator na Comissão de Legislação, Justiça e Redação (CLRJ), em 2013 e 2015. Ao todo, foram 531 proposições apresentadas em 2013, 380 em 2014 e 609 em 2015.

Pietro Arnaud apresentou 27 emendas ao Orçamento em 2013, 34 em 2014 e 49 em 2015 (em um total de 110); 61 indicações em 2013, 67 em 2014 e 61 em 2015 (189); nove moções de apelo em 2013, duas em 2014 e uma em 2015 (12); 11 moções de aplauso 2013, cinco em 2014 e seis em 2015 (22); 62 ofícios em 2013, 79 em 2014 e 198 em 2015 (339); 37 ofícios da CEI das Maternidades em 2015; 42 ofícios protocolados na Prefeitura em 2013, 75 em 2014 e 96 em 2015 (213); 13 ofícios protocolados no Ministério Público, em 2014; 32 projetos de lei em 2013, 21 em 2014 e 12 em 2015 (65); 57 projetos em que ele foi relator na Comissão de Legislação, Justiça e Redação (CLRJ) em 2013 e 80 em 2015 (137); e 230 requerimentos em 2013, 84 em 2014 e 69 em 2015 (383).

“Estou comemorando essa nossa grande atuação parlamentar. Estou muito feliz por termos atingido esses números”, diz Pietro. “Nós não ficamos fazendo contas a todo momento, pois nosso foco é no trabalho árduo do dia a dia, na Câmara. Mas, quando vejo esses números, constato que o nosso esforço valeu a pena, e me sinto renovado para repetir – ou até mesmo melhorar – esses números em 2016, no quarto ano do nosso mandato”, afirma.

 

Quadro 1

Quantidade de proposições apresentadas em 2013, 2014 e 2015

Proposição 2013 2014 2015 TOTAL
Emendas ao Orçamento 27 34 49 110
Indicações 61 67 61 189
Moções de Apelo 9 2 1 12
Moções de Aplauso 11 5 6 22
Ofícios 62 79 198 339
Ofícios da “CEI das Maternidades” 37 37
Ofícios protocolados na Prefeitura 42 75 96 213
Ofícios protocolados no Ministério Público 13 13
(*)Projetos de Lei 32 21 12 65
Projetos em que Pietro Arnaud foi relator na
Comissão de Legislação, Justiça e Redação (CLRJ) 57 80 137
Requerimentos 230 84 69 383
TOTAL GERAL 531 380 609 1.520

 

Quadro 2

Projetos (por origem)

Lei Ordinária Resolução Emenda à LOM TOTAL
2013 25 5 2 32
2014 14 3 4 21
2015 10 1 1 12
TOTAL 49 9 7 65