Notícias

Bom Jesus pede abertura de comunicação com Prefeitura de Ponta Grossa para atender pacientes com covid19

14 de abril de 2020
oficio-bom-jesus-2

Hospital estaria tendo dificuldades, perante o Estado e Município, em operacionalizar oferta de 10 leitos de UTI e 35 leitos clínicos.

Recebi nesta terça-feira (14) comunicação Circular ADM 026/2020, datada do último dia 02 de abril, onde o Hospital Bom Jesus informou ter disponibilizado 10 leitos de UTI e 35 leitos clínicos e firmado expressa e publicamente o propósito da instituição, em colaborar no fortalecimento do desenvolvimento de capacidade operacional na assistência à saúde, no combate ao covid19.

No documento, o hospital relata que já teria entregue em 01 de abril, para o chefe da 3ª Regional de Saúde, Robson Xavier, o termo de adesão ao Custeio Emergencial e temporário de leitos de UTI e/ou clínica para internamento dos usuários do SUS com Coronavirus-Civid19, nos termos da Resolução 340/20 da SESA.

Segundo consta do ofício, o hospital Bom Jesus já teria entregue, em 01 de abril, ao chefe da 3ª Regional de Saúde de Ponta Grossa, Sr. Robson Xavier, os documentos para formalizar a adesão do hospital no programa do governo, que institui recursos temporários para complementação do custeio de leitos de UTI, e clínicos para atendimento exclusivo dos usuários do SUS com quadro compatível com Coronavírus.

O que chama atenção, é que o documento aponta a necessidade de “que sejam abertos os canais de comunicação com a administração municipal, casa legislativa, e a Fundação Municipal de Saúde, para operacionalizar neste momento os serviços mais importantes a população.” Ou seja, por algum motivo, a adesão do hospital que passa por inúmeras dificuldades financeiras, simplesmente “não anda”, quando o Município e Estado encontram-se em calamidade pública.

Penso que não é momento de se fazer política. Há dias falamos da importância em termos mais leitos e capacidade para atender aos futuros pacientes. Poderia ser que alguém não quer que o convênio com o hospital Bom Jesus se efetive?

Em contato com agentes administrativos do hospital, levantei que a instituição já isolou um andar inteiro para atender a população, faltando apenas que os governos municipais e estaduais agilizem os trâmites da documentação.

Amanhã mesmo, farei uma Moção de Apelo ao Governo do Estado e ao Prefeito, questionando se o contrato de adesão já foi assinado e solicitar agilidade no atendimento da situação.

O Ofício é assinado pela Diretora e Vice Presidente do Hospital Bom Jesus, Sra. Maria Olivia Hlatchuk

Nota da 3º Regional de Saúde

Em 15 de abril de 2020, recebi uma ligação do Sr. Robson Xavier, Chefe da 3º Regional de Saúde esclarecendo que as informações constantes do Ofício encaminhado pelo Hospital Bom Jesus, não corresponderiam a realidade.

Segundo Robson Xavier, a 3º Regional de Saúde tem direcionado todos os seus esforços para viabilizar a adesão do Hospital, entretanto, o hospital teria demorado para entregar a relação completa dos documentos necessários. Além disso, o servidor acrescenta que não há lógica em contratar todos os leitos imediatamente, pois o estado teria que começar a remunerá-los, imediatamente, após a efetivação total da adesão.

Acesse o Documento Ofício Bom Jesus

 

oficio-bom-jesus-2