Notícias

Números confirmam forte atuação de Pietro Arnaud em seu primeiro mandato

19 de dezembro de 2016
Pietro Arnaud

 

Em quatro anos, vereador apresentou 1.868 proposições; os destaques são 73 projetos de lei, 430 requerimentos e 206 Indicações

Os números finais da quantidade de proposições apresentadas pelo vereador Pietro Arnaud (Rede), vice-presidente da Câmara Municipal de Ponta Grossa, confirmam a sua forte atuação em sua primeira legislatura. Em quatro anos (2013-2016), Pietro mostrou uma atuação parlamentar marcada pela combatividade, pela sensibilidade em relação aos interesses mais legítimos da população ponta-grossense e pelo acompanhamento ostensivo dos atos do Poder Executivo.

Nesse período, Pietro apresentou 1.868 proposições, entre projetos de lei, indicações, requerimentos, emendas ao Orçamento municipal, moções (de apelo e aplauso), ofícios – incluindo os protocolados na Prefeitura, no Ministério Público do Estado do Paraná (MP/PR), em 2014 e 2016, e os relacionados à Comissão Especial de Investigação (CEI) das Maternidades (iniciada em 9 de julho de 2015 e encerrada em 30 de novembro de 2016), que ele presidiu – e os projetos em que foi relator na Comissão de Legislação, Justiça e Redação (CLRJ), em 2013, 2015 e 2016. Ao todo, foram 531 proposições apresentadas em 2013, 380 em 2014, 609 em 2015 e 348 em 2016.

Pietro Arnaud apresentou 27 emendas ao Orçamento em 2013, 34 em 2014, 49 em 2015 e 50 em 2016 (em um total de 160); 61 indicações em 2013, 67 em 2014, 61 em 2015 e 17 em 2016 (206); nove moções de apelo em 2013, duas em 2014, uma em 2015 e duas em 2016 (14); 11 moções de aplauso em 2013, cinco em 2014, seis em 2015 e oito em 2016 (30); 62 ofícios em 2013, 79 em 2014, 198 em 2015 e 74 em 2016 (413); 37 ofícios da CEI das Maternidades em 2015 e 14 em 2016 (51); 42 ofícios protocolados na Prefeitura em 2013, 75 em 2014, 96 em 2015 e 74 em 2016 (287); 13 ofícios protocolados no Ministério Público em 2014 e oito em 2016 (21); 32 projetos de lei em 2013, 21 em 2014, 12 em 2015 e oito em 2016 (73); 57 projetos em que ele foi relator na Comissão de Legislação, Justiça e Redação (CLRJ) em 2013, 80 em 2015 e 40 em 2016 (177); 230 requerimentos em 2013, 84 em 2014, 69 em 2015 e 47 em 2016 (430); e cinco requerimentos da CEI das Maternidades em 2016.

“Estou muito feliz por ter atingido esses números, e mais, por eles representarem tão bem o nosso trabalho”, diz Pietro. “No nosso gabinete, não ficamos fazendo contas a todo o momento, pois nosso foco sempre foi o trabalho árduo do dia a dia, na Câmara e também junto à população”, afirma.

Com relação ao seu trabalho no segundo mandato, Pietro espera repetir o mesmo tom na forma de trabalhar – agora, com a experiência de quem passou quatro anos cumprindo com muita dedicação o seu papel de vereador – sendo dois deles como vice-presidente da Casa. “Será um novo desafio. O desafio de alguém que já passou por um mandato de quatro anos, mas que tem a responsabilidade de, não só manter o mesmo ritmo de trabalho, como também de estar atento às demandas da população, seja em qual área for. Se a minha atuação, nos primeiros quatro anos, foi marcada pela conquista de um espaço como parlamentar, os próximos quatro anos deverão se guiar pela consolidação desse espaço e pela atuação em outras frentes”, observa.

Reeleito com 1.583 votos pela coligação Rede/PMDB/PTC, na eleição municipal de 2016, Pietro Arnaud iniciará o seu segundo mandato a partir de 1º de janeiro de 2017. A próxima legislatura vai até 31 de dezembro de 2020.

 

(Quadro 1)

QUANTIDADE DE PROPOSIÇÕES APRESENTADAS POR PIETRO ARNAUD EM 2013, 2014, 2015 E 2016*

*até 14-12-2016

 

Proposição                                                            2013   2014   2015   2016* total

Emendas ao Orçamento                                        27       34       49       50       160

Indicações                                                                 61       67       61       17       206

Moções de Apelo                                                      9          2          1          3          15

Moções de Aplauso                                                  11       5          6          8          30

Ofícios                                                                         62       79       198     74       413

Ofícios da “CEI das Maternidades”                     –           –           37       14       51

Ofícios protocolados na Prefeitura                     42       75       96       74        287

Ofícios protocolados no Ministério Público        –           13       –           8          21

(*)Projetos de Lei                                                    32       21       12       8          73

Projetos em que Pietro Arnaud foi relator na

Comissão de Legislação, Justiça e Redação

 (CLRJ)                                                                     57       –           80       40       177

Requerimentos                                                       230     84       69       47       430

Requerimentos da “CEI das Maternidades”     –           –           –           5          5

TOTAL          GERAL                                     531     380     609     348     1.868

 

(legenda):

(*) PROJETOS

Lei Ordinária                       Resolução   Emendas à LOM    TOTAL

2013               25                               5                                 2                     32

2014               14                               3                                 4                     21

2015               10                               1                                 1                      12

2016               7                                 –                                  1                     8

TOTAL          56                            9                                 8                   73