Notícias

Pietro Arnaud envia ofícios solicitando informações sobre atendimento a gestantes de alto risco

7 de maio de 2016
11722083_927033984001518_2779375632837001384_o

Documentos foram encaminhados à Santa Casa de Misericórdia, 3ª Regional de Saúde e 10ª Promotoria de Justiça da Comarca de Ponta Grossa

Informações quanto aos motivos pelos quais a Santa Casa de Misericórdia deixou de atender às gestantes de alto risco e qual é a alternativa que se propõe, uma vez que a instituição fechou suas portas para esse tipo de atendimento. Essa é parte do teor de três ofícios que o vereador Pietro Arnaud (Rede), vice-presidente da Câmara Municipal de Ponta Grossa e presidente da CEI das Maternidades, enviou, na quinta-feira (5), endereçados ao diretor executivo da Santa Casa, Flávio Kaiber; à chefe da 3ª Regional de Saúde, Sheila Tramontim Mainardes; e ao promotor de Justiça Fábio Vermeulen Carvalho Grade, titular da 10ª Promotoria de Justiça da Comarca de Ponta Grossa. A notícia da decisão da Santa Casa foi divulgada na terça-feira (3).

No ofício à 3ª Regional, Pietro também pede que o órgão informe qual o valor do repasse do governo do estado à Santa Casa e se ele “encontra-se eventualmente atrasado”.

Ao diretor da Santa Casa, o vereador solicita, ainda, informações sobre “eventual atraso no repasse de verbas do SUS [Sistema Único de Saúde] enfrentado por esta instituição”; e qual é a pactuação que existe em relação ao atendimento a gestantes do sistema Único de Saúde (SUS). “Por fim, requeremos, ainda, que as informações solicitadas sejam encaminhadas com cópia dos ofícios encaminhados e com cópia das atas de eventuais reuniões com a Sesa [Secretaria Estadual de  Saúde], 3ª Regional de Saúde e Ministério Público Estadual [do Paraná, MP/PR]”, diz Pietro, no documento.

Ao promotor de Justiça, Pietro também solicita informações sobre  o local onde será feito o atendimento ás gestantes de alto risco, na cidade.

A Comissão Especial de Investigação foi instalada em 8 de julho de 2015, na Câmara, com o objetivo de analisar situações envolvendo o atendimento médico a gestantes e recém-nascidos em Ponta Grossa. A Comissão é composta por Pietro Arnaud, presidente, e pelos vereadores Pastor Ezequiel Bueno (PRB), relator geral, e Taíco Nunes (PTN) e Professor Careca (PR), relatores especiais.