Notícias

Pietro protocola Projeto que concede Título de Cidadão Honorário ao construtor José Miquelão Sobrinho

5 de abril de 2018
miquelao-3

Homenageado mora há mais de 30 anos em Ponta Grossa, onde fundou a Construtora Miquelão, que recebeu, em 2017, o prêmio ‘A Construtora do Ano’, pela Associação dos Engenheiros e Arquitetos

O vereador Pietro Arnaud (Rede) protocolou, na tarde desta quinta-feira (5), Projeto de Lei que concede Título de Cidadão Honorário de Ponta Grossa ao construtor José Miquelão Sobrinho. Natural de Apucarana, Miquelão mora há mais de 30 anos em Ponta Grossa, onde fundou a Construtora Miquelão.

“O título é a honraria mais especial que os cidadãos de Ponta Grossa podem conceder a uma pessoa. Com ele, homenageiam-se personalidades que muito construíram e constroem, de uma forma ou de outra, o crescimento e reconhecimento de nossa cidade”, afirma Pietro. “A concessão eleva o homenageado ao status de cidadão de nossa cidade, como forma de declará-lo nosso irmão e co-responsável por nosso desenvolvimento”, completa.

 

Histórico

José Miquelão Sobrinho é natural de Apucarana. Filho de uma família de agricultores, aos 8 anos Miquelão já ajudava seu pai a fazer pequenas casas de madeira para abrigar os nordestinos e mineiros – “boias-frias”, como eram chamados, na época – que vinham para o Norte do Paraná ajudar na colheita do café e lá permanecendo por mais de 60 dias.

Miquelão chegou a Ponta Grossa em 1963, com o objetivo de prestar o serviço militar. Acabou ficando na cidade e, em 1974, formou-se pela Faculdade de Odontologia. “Utilizando os recursos obtidos com o exercício da Odontologia, comecei a investir naquela que viria se tornar a minha atividade principal anos depois”, conta. Comprou alguns terrenos, construiu algumas casas de alvenaria e, da venda das primeiras casas, surgiram recursos para construir o primeiro edifício. “Depois disso, vieram o segundo, o terceiro, o quarto”, diz.

Em meados da década de 1980, José Miquelão Sobrinho fundou a Construtora Miquelão, que “vem contribuindo de forma significativa para o desenvolvimento do setor da construção civil em Ponta Grossa”. “Hoje, com o inestimável progresso trazido pela colaboração de profissionais surgidos dentro de casa, nossos edifícios já atingiram os 23 andares e são dotados do melhor em tecnologia e materiais à disposição no mercado”, afirma.

De acordo com Miquelão, hoje, a Construtora desponta como uma das maiores empresa de incorporação/construção da cidade, “reconhecida tanto pela excepcional qualidade de acabamento de seus empreendimentos, como pelo rígido cumprimento de seus cronogramas de entrega”. “Em 2017, atingimos a marca de 27 prédios concluídos”, relata o construtor, que lembra que, no início, as construções tinham até quatro pavimentos. “A tradição familiar com os pés no futuro”, completa.

“Até 2014, a empresa entregou 25 empreendimentos, que totalizam mais de 70 mil m² de área construída, distribuídos por cerca de 400 unidades residenciais. Entre os empreendimentos, destacam-se o Residencial Montserrat, elogiado pela beleza arquitetônica; o Residencial Campidoglio, com sua modernidade e racionalidade de projeto; e o Palazzo Murano, que inaugurou a série “Palazzo”, que é, “reconhecidamente, um dos edifícios mais elegantes de Ponta Grossa.

“Todos os empreendimentos da Construtora são criteriosamente planejados, visando traduzir com a maior fidelidade a expectativa do mercado para um determinado segmento. Os diversos projetos (arquitetônico, estrutural etc.) são elaborados por profissionais competentes e com grande conhecimento em sua área. As construções são gerenciadas de perto pelos engenheiros e proprietários e executadas por pessoal altamente capacitado, utilizando apenas materiais das melhores marcas existentes no mercado. Tudo visando atingir a maior qualidade possível na obra acabada”, continua Miquelão. “Os clientes da Construtora têm a tranquilidade de saber que estão diante de uma empresa sólida, que constrói exclusivamente com recursos próprios, e cujo principal objetivo é atender ao anseio de pessoas que procuram opções inteligentes e bem elaboradas quando resolvem investir num imóvel”, conclui.

Em 9 de dezembro de 2017, a Construtora Miquelão recebeu o prêmio “A Construtora do Ano”, pela Associação dos Engenheiros e Arquitetos de Ponta Grossa (AEAPG). “O reconhecimento vem coroar os mais de 30 anos de atuação da empresa na cidade, com 27 projetos entregues e mais de 100 mil m² de área construída. E, para 2018, a constritora promete mais um lançamento, no Jardim América”, lembra Fábio Miquelão.