Notícias

Rosecléia não é mais diretora administrativa do Hospital Evangélico

23 de fevereiro de 2016
hospital-evangelico

Informação foi confirmada pela direção da instituição; cargo foi preenchido nesta terça

Rosecléia Simão Venske não é mais diretora administrativa do Hospital Evangélico. Segundo informações levantadas junto à direção do hospital, Rosecleia pediu demissão nesta segunda-feira (22) e seu cargo já foi preenchido nesta terça (23) por Rosilene Gomes.

Rosecléia chegou a ser convidada pela CEI das Maternidades – Comissão Especial de Investigação criada para analisar situações envolvendo o atendimento médico a gestantes e recém-nascidos em Ponta Grossa – para ser ouvida, em 30 de julho de 2015, pelos cinco integrantes da Comissão: os vereadores Pietro Arnaud (Rede), presidente; Pastor Ezequiel Bueno (PRB), relator-geral; e Amauri Manosso (Rede), Taíco Nunes (PTN) e Professor Careca (SD), relatores especiais. No entanto, ela não compareceu à oitiva, alegando estar sem “condições de saúde”.

Rosecléia enviou resposta ao ofício que lhe havia sido encaminhado pela CEI das Maternidades, em 29 de julho do ano passado. No documento, ela identificou-se como “gerente administrativa” e explicou que não compareceu à oitiva porque considerava “excessiva” a “exposição feita na mídia” da então situação do Hospital Evangélico. “[…] e o fato de não testar acostumada com situação de extrema exposição, nem tenho condições de saúde para suportá-las [sic], peço sua compreensão no sentido de receber as informações em anexo, bem como desde já me coloco à sua disposição para responder [a] outros questionamentos que poderão ser enviados por escrito”, disse. Em anexo ao ofício, Rosecléia respondeu a alguns questionamentos feitos pela CEI das Maternidades.